Preços do Seguro de Carga

Preços do Seguro de Carga

Preços do Seguro de Carga

No artigo de hoje, decidimos tirar todas as dúvidas quanto aos preços do seguro de carga! São eles: Prêmio Mínimo, Taxas e Condições.

Além disso, falaremos um pouco sobre como os seguros são precificados pelas seguradoras e um pouco das principais análises que são feitas, para chegar nos valores finais e o que pode influenciar nos preços do seguro de carga.

Qual o valor mínimo do Seguro de Carga?

As apólices de seguro funcionam assim, em cada apólice existe um valor fixo, cobrado mensalmente, para que a seguradora conceda a cobertura. Esse valor fixo mensal é chamado de Prêmio Mínimo.

Atualmente a apólice mais barata tem o Prêmio Mínimo de R$ 500,00 ao mês. Esse é o menor valor praticado no mercado, por corretores de confiança.

Mas esse é apenas o menor valor.. O prêmio mínimo pode variar de acordo com as condições contratadas na apólice, sendo o limite máximo de cobertura principal ponto de influência.

Por exemplo, para contratação de uma apólice do seguro de acidente, saberemos que mensalmente o valor pago será de (no mínimo) R$ 500,00.

Além do mínimo, existe sempre a cobrança do Imposto de Operações Financeiras, o IOF, que é de 7,38% sobre o valor mensal. Ou seja, o custo total de uma apólice de acidente será de R$ 536,90.

Como falamos acima, o Prêmio Mínimo pode variar de acordo com as condições da apólice, sendo o valor máximo de garantia, a principal condição avaliada. Segue abaixo uma estimativa de Prêmio Mínimo por faixa de valor de garantia:

  • LMG até R$ 100.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 500,00
  • LMG até R$ 300.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 700,00
  • LMG até R$ 400.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 900,00
  • LMG R$ 500.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 1.000,00

Lembramos que o Seguro de Cargas é um contrato, estabelecido entre um transportador/embarcador e uma seguradora. E de acordo com esse contrato, o seguro deve ser pago mensalmente, havendo embarques ou não, ou seja, independente do “uso”.

Como são cobradas as Taxas?

Primeiro precisamos explicar o que são as taxas e de que forma são incididas nos custos dos seguros.

Assim como prêmio mínimo, todas as apólices também possuem uma taxa para cada embarque realizado. Essa taxa pode ser fixa ou de acordo com as rotas de transporte.

Vamos começar pelo Seguro de RCTR-C, mas antes é importante dizer que qualquer seguro de transporte é pago após o uso.

Ou seja, a seguradora fornece a cobertura das cargas transportadas durante o mês, e calcula o valor para pagamento no mês seguinte.

Diferenças entre os seguros:

No seguro de carga contra acidentes, obrigatório no Brasil, é possível encontrar valores mais acessíveis e com poucas restrições., em comparação aos seguros com cobertura para roubo de carga.

Para o RCTR-C, utilizam-se as taxas da Tabela pré-estipulada pela SUSEP, que varia de acordo com as origens e destinos dentro do Brasil.

E isso pode fazer com que o valor da fatura varie. O que determinará o quando será pago de Seguro, é o valor total transportado no mês e as origens e destinos dessas cargas.

Basta verificar na Tabela a origem e o destino da carga, aonde os pontos se encontram, está o valor para aquele embarque.

Por exemplo, uma carga de MG para PE:

Tabela de Taxas da SUSEP - MG x PE = 0,14%
Tabela de Taxas da SUSEP – MG x PE = 0,14%

Para saber os preços do seguro de carga, basta multiplicar o valor da mercadoria pela taxa que achou.

Ex: R$ 250.000,00 x 0,14% = R$ 350,00

Após somar todas as cargas do mês, chegará ao valor a ser pago no próximo faturamento.

Ex: 10 cargas x R$ 250.000,00 = R$ 2.5 mi x 0,14% = R$ 3.500

Caso a soma de todos os embarques não atinja o mínimo, o faturamento será o prêmio mínimo da apólice.

Ex: R$ 250.000,00 x 0,14% = R$ 350,00 de uso = Fatura de R$ 500,00
Mínimo + IOF = R$ 536,90

Ficou confuso? Veja um vídeo explicando como calcular o seguro, clicando aqui.

É possível que as seguradoras ofereçam descontos sobre essas taxas, basta solicitar ao corretor! Os descontos variam de 10% a 50%, dependendo do tipo de operação e da análise de risco.

Supondo que a apólice do nosso exemplo tivesse um desconto de 40%, os valores ficariam assim:

  • Ex 1: R$ 250.000,00 x 0,14% – 40% = R$ 210,00
  • Ex 2: 10 cargas x R$ 250.000,00 = R$ 2.5 mi x 0,14% – 40% = R$ 2.100,00

Esses descontos são rotineiros e simples de serem negociados, não esqueça de solicitar ao corretor!

Agora, vamos ao seguro contra roubo, o RCF-DC.

Os cálculos de cobrança funcionam da mesma forma:

Multiplicamos o valor transportado pela taxa do seguro e chegamos ao valor do prêmio. Caso a soma dos embarques seja inferior ao prêmio mínimo, que parte também de R$ 500,00, a seguradora irá cobrar o prêmio mínimo. Caso ultrapasse, será cobrado conforme o uso.

A grande diferente entre eles, é a modalidade da taxa. No seguro contra roubo, a taxa é fixa, ou seja, permanece a mesma independente da origem e destino da carga. O que torna mais fácil o calculo do seguro.

As taxas fixas são definidas de acordo com a análise de risco das operações, podendo variar bastante nos casos de mercadorias de risco ou origens/destinos com alto índice de sinistro.

As taxas mais comuns do mercado vão de 0,02% à 0,10%.

  • Ex 1: 1 carga x R$ 250.000,00 x 0,04% = R$ 100,00
  • Ex 1: 10 cargas x R$ 250.000,00 = R$ 2.5 mi x 0,04% = R$ 1.000,00 + IOF = R$ 1.073,80
  • Ex 3: 4 cargas x R$ 250.000,00 = R$ 1 mi x 0,04% = R$ 400,00 de uso = Fatura de R$ 500,00 de mínimo + IOF = R$ 536,90

Importante ressaltar que nessa modalidade não existe desconto. E que existem apólices de RCTR-C que possuem taxa fixa em vez das taxas da Tabela, vai depender da companhia em que o seguro for cotado.


O seguro para o dono da mercadoria, também chamado de embarcador, contrata-se as apólices de seguro de Transporte Nacional (TN).

No seguro de TN encontram-se as coberturas de acidente e roubo, reunidas em uma única apólice.

Os Seguros de TN são sempre calculados com taxa fixa. E seu prêmio mínimo gira em torno de R$ 500,00.

Mas assim como os outros, esse valor mínimo aumenta conforme o limite por embarque também aumenta:

  • LMG até R$ 100.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 800,00
  • LMG até R$ 300.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 1.000,00
  • LMG até R$ 400.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 1.200,00
  • LMG R$ 500.000,00: Prêmio Mínimo de R$ 1.500,00

Um resumo para simplificar:

Os preços do Seguro de Carga são:

  • Seguro Obrigatório de Acidentes: Prêmio Mínimo a partir de R$ 500,00 E taxas da Tabela SUSEP (variam da origem e destino).
  • Seguro de Roubo: Prêmio Mínimo a partir de R$ 500,00 E taxa fixa (independente da origem e destino).
  • Seguro para o Embarcador – Transporte Nacional: Prêmio Mínimo a partir de R$ 800,00 E taxa fixa (independente da origem e destino).

Lembre-se, o prêmio mínimo a partir de R$ 800,00 já inclui cobertura de acidente e roubo!

Para finalizar, a melhor forma de economizar nos seguro de transporte é contratando um corretor especialista, que tem um maior volume de negócios. Ele terá melhores condições e preços do seguro de carga para te oferecer!

Se quiser, veja também esse material com os cuidados que devemos ter na contratação do seguro de transportes!


Artigo produzido por:

Roberto Schimith – Chief Executive Officer na Insert Seguros


E-mail: clientes@insertseguros.com.br

Telefone: (11) 2023-8890 | WhatsApp: (11) 9 9483-5149

Rua Tijuco Preto, 393, Cobertura, Tatuapé, São Paulo/SP – CEP 03316000

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *