Você já ouviu falar sobre o Seguro de Carga com valor fixo?

Você já ouviu falar sobre o Seguro de Carga com valor fixo?

Você já ouviu falar sobre o Seguro de Carga com valor fixo?

O que temos visto sobre os Seguros de Carga até aqui:

Como temos falado em nossas matérias dos Seguros de Carga de RCTR-C, RCF-DC e TN, os seguros de carga são contabilizados no formato de “uso decorrido”.

O uso decorrido é o formato utilizado para diversos tipos de contratos, onde o valor a ser pago varia de acordo com o quanto foi utilizado em um determinado período.

Nos seguros de carga convencionais, o valor à pagar é baseado no valor transportado durante o mês anterior, e varia de acordo com o tamanho da movimentação do período.

Por exemplo:

O valor das cargas que foram transportadas no mês de Janeiro (de 01 a 31/01), começará a ser calculado no início de Fevereiro, e o boleto terá o vencimento no final desse mesmo mês.

Caso não se lembre, temos uma matéria completa explicando como calcular o valor do seu seguro, leia aqui!

Esse tipo de seguro tem ainda o Prêmio Mínimo Mensal, que é o valor mínimo que uma seguradora cobra para manter a apólice ativa.

Prêmio mínimo mensal do Seguro de Carga

O prêmio mínimo é cobrado em todos os tipos de apólice de transporte, e serve para cobrir os custos operacionais que a seguradora tem com aquela apólice.

O Prêmio Mínimo varia de acordo com a apólice contratada: Valor de Limite, Taxas e Descontos, Condições Especiais, Coberturas Adicionais, Franquias e Gerenciamento de Risco.

Ele é cobrado todas as vezes que o total do cálculo entre as taxas e o valor transportado fiquem abaixo do que foi acordado como ‘mínimo’.

Por exemplo:

Valor Mínimo da Apólice: R$ 500,00

Valor transportado em janeiro: R$ 1 milhão

Taxa do Seguro: 0,02% (lembrando que a taxa varia de acordo com a origem e o destino das cargas)

Valor de Prêmio Utilizado (decorrido): R$ 1 mi x 0,02% = R$ 200,00

Valor a ser cobrado: R$ 500,00, ou seja, o Prêmio Mínimo.

Valor variável

No caso de apólices que tem faturamento mensal, o único jeito de prever o valor a ser pago de seguro ou controlar o quanto está em uso, é fazendo uma planilha de controle dos embarques e quais os valores de seguro para cada um deles. Mas na pratica poucas empresas conseguem fazer esse controle.

Isso faz com que empresas menores, que não possuem tantos colaboradores disponíveis para esse tipo de demanda, acabem perdendo o controle do que foi transportado e utilizado do seguro, e não saibam o valor que virá para pagamento na fatura do mês seguinte.

Seguro de Carga com valor fixo

O que muitos não sabem é que existem dois tipos de apólices nos de Seguro de Carga.

As apólices convencionais são chamadas de Averbáveis, onde os valores averbados são contabilizados por ‘uso decorrido’, da forma que falamos até aqui.

O outro tipo, menos convencional, é chamado de Ajustável.

As apólices ajustáveis seguem todas as normas de Averbação, Gerenciamento de Risco, Taxas.. Iguais aos seguros averbáveis.

A diferença está na forma de calcular o uso: ao invés de uso decorrido, é feito uma estimativa do valor transportado durante o ano de vigência, e com base nesse valor o custo do seguro é calculado.

Esse valor pode ser parcelado em 10x durante o período de vigência, e trás ao segurado uma forma de controle muito mais eficiente, uma vez que o custo foi pré-programado na contratação!

Ou seja, agora você pode contratar o seguro de carga igual contrata o seguro de seu automóvel, tendo uma apólice de seguro com um custo programado e fixo.

Como o seguro ajustável  é calculado?

A apólice é calculada com base no valor de carga transportado anualmente, de forma que o valor pago será de fato somente o utilizado, fazendo com que sua estimativa de custos seja controlável durante o ano todo.

Por ser um custo programado a empresa não precisa se preocupar com valores diferentes do combinado, nessa modalidade de apólice, ela terá a cobertura durante os 12 meses de contrato, e poderá realizar este pagamento em até 10x iguais.

Ter o pagamento simplificado do seguro, poderá trazer uma melhor margem para prospecção de novos negócios, baseando-se em sua estimativa anual e evitando contratempos e oscilação de valores, por ter um custo programado.

Com uma melhor gestão do faturamento em mãos, a operação como um todo ganha mais simplicidade processual, restando mais autonomia para seguir com as funções do dia-a-dia, deixando o seguro de forma totalmente planejada.

Contrate uma apólice de seguro que de fato caiba em seu bolso, pois faremos um estudo para analisar a melhor condição que aplica ao seu modelo de negócio.

Solicite uma cotação para este modelo de apólice, aqui.


E-mail: clientes@insertseguros.com.br

Telefone: (11) 2023-8890 | WhatsApp: (11) 9 9483-5149

Rua Tijuco Preto, 393, Cobertura, Tatuapé, São Paulo/SP – CEP 03316000

 

One Response

  1. […] sobre custos dos Seguro de Carga em outros textos, explicamos sobre sua forma de cobrança, de pagamento, de cálculo, as diferenças nas taxas, entre […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *