Notícias do Setor de Transportes – Tecnologia na Logística

Notícias do Setor de Transportes – Tecnologia na Logística

Horizontal_800x455-Notícias do Setor de Transportes - Tecnologia na Logística

Dando sequência a nossa nova série quinzenal, além das notícias do nosso cotidiano, trouxemos para você matérias sobre a tecnologia no setor logístico.

Está por dentro das novidades? Sabe como a tecnologia influencia, agrega e otimiza suas entregas?

Notícias – A tecnologia para reduzir perdas de mercadorias no transporte

Ainda nos dias de hoje, é muito comum ocorrer atrasos nas entregas ou até mesmo perdas de mercadorias, por falta de mecanismos que ofereçam um acompanhamento destas mercadorias. A tecnologia é uma importante ferramenta para minimizar os riscos de extravios e melhorar as experiências dos clientes.

De acordo com o Estudo do Futuro da Operação Omnichannel da Zebra, 55% das empresas no mundo ainda usam sistemas manuais, que são métodos insuficientes para manter o controle de processos logísticos. 

Utilizando esses mecanismos, elas não conseguem rastrear com precisão as entregas ou oferecer serviços que agreguem valor, como notificações por mensagem de texto que informam em tempo real a localização da mercadoria. Contudo, soluções como computadores móveis ou smartphones de classe empresarial estão disponíveis para suprir essa necessidade. Esses dispositivos são capazes, por exemplo, de fornecer a visibilidade necessária para saber em qual caminhão um determinado pacote está sendo transportando, com informações sobre o motorista e rota.

Leia este artigo completo, aqui.

Outro movimento relacionado ao rastreio e monitoramento, está o segmento de gestão de frotas.

“Antigamente, os gestores estavam limitados a acessar os sistemas em seus desktops. Hoje, a mobilidade tecnológica permite acessar dados através de dispositivos móveis, por meio de aplicativos ou de sites responsivos, que se adaptam ao tamanho das telas”, conta Leandro Ferraz, Gerente de Contas da ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas e benefícios.

De acordo com o especialista, o que antes limitava os profissionais responsáveis pelo gerenciamento das frotas a seus escritórios, agora permite que eles tenham uma maior flexibilidade, o que, consequentemente, impacta em sua produtividade de forma positiva.

“Não é mais preciso estar na sede de suas empresas para fazer boa parte do trabalho. A própria ValeCard, por exemplo, desenvolveu um aplicativo que permite regularizar um cartão reserva, solicitar a 2ª via de cartão, liberar uma restrição de veículo, aumentar o limite de compras de um veículo, liberar um produto para compra e outras tantas funções comuns na palma da mão”, conta Ferraz.

Leia este artigo completo aqui.

UPS lança serviço regular de transporte de amostras médicas por drone

A UPS acaba de lançar um serviço logístico inovador para entregar amostras médicas por drones não tripulados, em uma colaboração com a Matternet, líder em tecnologia de drones autônomos. O novo serviço regular de entrega por drone está sendo realizado no campus da Wakemed, um complexo hospitalar na área metropolitana de Raleigh (Carolina do Norte), com supervisão da Administração Federal de Aviação (FAA) e do Departamento de Transporte da Carolina do Norte (NCDOT). O lançamento marca o começo de inúmeros voos diários com geração de receita planejados para campus da WakeMed. 

O programa da UPS e Matternet representa um marco importante para a aviação não tripulada nos Estados Unidos. Atualmente, a maioria das amostras e espécimes médicos da Wakemed é transportada por veículos de pequenas remessas.  Com o acréscimo do transporte por drones, há a opção para entrega no mesmo dia sob demanda, com a possibilidade de evitar os atrasos nas estradas, aumentar a eficiência da entrega, reduzir custos e melhorar a experiência do paciente com o potencial benefício de salvar vidas.

Leia mais sobre este artigo, aqui.

Edenred Brasil lança plataforma digital de frete

A Edenred Brasil, por meio de sua Divisão Frota e Soluções de Mobilidade para o mercado rodoviário, apresenta o Freto, plataforma totalmente digital desenvolvida para conectar diretamente transportadores autônomos ou frotistas com o embarcador, funcionando como um marketplace da indústria para transporte de carga pesada.

No painel do Freto, os transportadores podem consultar as cargas disponíveis, o volume e o valor do frete. “Com o Freto, oferecemos ganhos em agilidade e em redução de custos operacionais e simplificamos todo o processo necessário para a contratação de um transportador. O match, que é a conexão da disponibilidade da carga com o aceite do trabalho, é feito pelo smartphone e pode levar somente 1 minuto”, explica o Diretor de Mercado Rodoviário da divisão de Frota e Soluções de Mobilidade Edenred Brasil, Thomas Gautier.

Os dados da mercadoria e o valor definido para o transporte são cadastrados diretamente pelo embarcador e diante da disponibilidade, basta sinalizar com um clique o interesse no transporte e a contratação é iniciada. A novidade vem para revolucionar as negociações de frete e reforçar a expertise de 25 anos do grupo no mercado rodoviário brasileiro e o posicionamento da divisão como pioneira em criar um portfólio completo e direcionado ao mercado de transporte rodoviário de cargas.

Os embarcadores acessam a lista dos caminhoneiros interessados no seu frete, que ingressam na plataforma após atenderem critérios de compliance, como habilitação específica e permissão para o transporte de determinadas cargas, processo que faz da plataforma uma aliada para garantir as regras estabelecidas para o setor.

Leia a matéria completa aqui.

Notícias – SNTT promove reunião para tratar de concessões rodoviárias sob regulação da ANTT

A Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT) promoveu, nesta sexta-feira (5), na Sala Interativa do Ministério da Infraestrutura, reunião para discutir o monitoramento e gestão de concessões rodoviárias sob regulação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O encontro contemplou as externalidades positivas das concessões reguladas pela autarquia, que sustentam e criam campo para a manutenção dos empreendimentos.

Saiba mais aqui.GOIÁS

Ministro inaugura duplicação da BR-050/GO e anuncia remanejamento de recursos para rodovias do estado

Mais um trecho da BR-050, entre Cristalina e Catalão, no Goiás, está duplicado e liberado para o tráfego. A inauguração dos 53,9 quilômetros de pista duplicada contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que destacou a importância da parceria dos investimentos privados nesta entrega. Esse é um exemplo de como otimizar os investimentos públicos e ampliar os investimentos privados em infraestrutura. Nosso governo tem como objetivo destravar obras e repactuar os contratos de concessão que estão desequilibrados, possibilitando a retomada dos investimentos”, afirmou Freitas. 

Considerada uma das rodovias mais movimentadas do país, a BR-050 liga a capital federal à maior metrópole brasileira: São Paulo. No total, são 436,6 km concedidos, sendo que já foram duplicados 162,2 km em Goiás e 218,1 km em Minas. A conclusão das obras dos 53,9 quilômetros beneficiará nove municípios: Cristalina, Ipameri, Campo Alegre de Goiás, Catalão e Cumari, em Goiás, e Araguari, Uberlândia, Uberaba e Delta, em Minas Gerais. 

Fonte: Ministério da Infraestrutura

Suspensão da instalação de radares em rodovias federais

A assessoria de comunicação do Ministério da Infraestrutura, emitiu um comunicado sobre a suspensão da instalação de radares em rodovias federais. Leia:

“- Em função de determinação presidencial, a instalação de novos sensores foi suspensa até a revisão e a atualização de critérios pelo Ministério da Infraestrutura, que serão baseados em estudos técnicos que já estão em andamento;

– Desta forma, o Ministério da Infraestrutura determinou que seja feita uma análise rigorosa no plano de radares instalados nas rodovias. Será considerada como prioritária a redução do uso do equipamento onde estes não são essenciais à segurança viária, com a possibilidade de utilização de outros mecanismos de segurança; (…)”

Leia o comunicado completo, aqui.

Ponte de acesso à Dutra interditada na Marginal Tietê só será reaberta no fim de junho

A gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB) prevê o dia 25 de junho deste ano como data de conclusão da obra de recuperação da ponte da marginal Tietê, que dá acesso à rodovia Presidente Dutra, interditada no dia 23 de janeiro deste ano pela própria prefeitura devido a problemas estruturais.

De acordo com a gestão Bruno Covas, a recuperação da ponte que liga a pista expressa da marginal à Dutra envolve uma série de serviços, como o reforço de dois pilares e recuperação de duas vigas da estrutura. A Siurb (Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras) informou que “o valor estimado para a obra emergencial de recuperação da ponte da Dutra é de R$ 10 milhões”.

Fonte: Transvias.

Transportadoras devem restituir valor de indenização à seguradora por extravio de carga

A 22ª câmara de Direito Privado do TJ/SP manteve decisão que condenou duas transportadoras ao pagamento de valor equivalente ao da indenização pago por uma seguradora em razão do extravio de mercadorias no curso de transporte marítimo. Para o colegiado, as transportadoras respondem objetivamente pelo extravio da carga transportada.

Diante da decisão que condenou as empresas de transporte ao pagamento de mais de R$ 380 mil pelo extravio de cargas, as transportadoras interpuseram recurso. Enquanto uma alegou que atuava como mera intermediadora do transporte das mercadorias adquiridas pela segurada, a outra justificou o extravio em razão das condições climáticas, argumentando causa de força maior.

No entanto, ao analisar o caso, o desembargador Edgard Rosa, relator, negou provimento ao recurso afirmando que as empresas respondem objetivamente pelo extravio da carga transportada.

De acordo com o magistrado não há como colher do CC que o transportador se sujeita ao regime da responsabilidade subjetiva e tampouco que a obrigação assumida é de meio, “na medida em que responde pela integridade da carga da sua coleta até a entrega no destino ajustado”.

Sobre o alegado motivo de força maior, o relator afirmou que o extravio da carga pertencente à segurada resultou não das condições climáticas, mas da negligência dos prepostos da transportadora em realizar a correto procedimento, que seria suficiente para afastar a suposta inevitabilidade do fenômeno climático referido pelas transportadoras.

Assim, a 22ª câmara negou provimento ao recurso.

Leia a matéria completa, aqui.

E-mail: clientes@insertseguros.com.br
Telefone: (11) 2023-8890 | WhatsApp: (11) 9 9483-5149
Rua Tijuco Preto, 393, Cobertura, Tatuapé, São Paulo/SP – CEP 03316000

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *