Brasil de Sucesso – Penúltima semana de Janeiro de 2019

Horizontal_800x455_Brasil-de-Sucesso

Brasil de Sucesso – Iniciamos mais uma semana, chegando perto do fim do primeiro mês de 2019.

Começamos novamente falando sobre os concursos públicos, empregos e os recordes. Confira!

Brasil de Sucesso – Concursos Públicos

Pelo menos 136 órgãos públicos estão recebendo inscrições para preencher 30.715 vagas em todo o país. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

Nesta segunda-feira (21), 8 órgãos abriram seu período de inscrição.

O maior concurso é o da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte de Goiás, com 17,6 mil oportunidades. As inscrições vão até 31 de janeiro.

Confira todos os concursos aqui.

Brasil de Sucesso – Empregos

Americana – SP

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Americana (SP) está com 20 vagas de emprego disponíveis para profissionais da região. As oportunidades são em áreas variadas e contemplam diversos níveis de escolaridade.

Informações como o tempo de experiência necessário e a remuneração serão divulgadas a quem se candidatar às funções com envio de currículo virtual, que pode ser feito no próprio site do PAT.

Confira as vagas disponíveis, aqui.

Indaiatuba – SP

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Indaiatuba (SP) divulgou 40 novas vagas de emprego nesta quarta-feira (16) destinadas a moradores da região. Os salários variam de R$ 1.160,68 até R$ 4.074,15, sendo a maior remuneração para o cargo de gerente de farmácia. Em alguns casos a remuneração deverá ser combinada entre empregador e empregado.

Todas as vagas exigem experiência de seis meses nas respectivas funções. As oportunidades são para candidatos de todos os gêneros. Interessados devem comparecer ao PAT para análise de perfil e cadastro, com RG, CPF, Carteira de Trabalho e o número do PIS.

Para mais informações sobre as vagas, clique aqui.

Jaguariúna – SP

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Jaguariúna (SP) está com 39 funções com vagas a serem preenchidas a partir desta terça-feira (15). Entre as oportunidades, há uma vaga para estagiário cursando Farmácia, Química ou Bioquímica.

A remuneração e o número de vagas para cada oportunidade são informados no próprio atendimento. Os interessados devem comparecer pessoalmente à unidade do PAT da cidade, localizado na Rua Coronel Amâncio Bueno, 810, Centro, com Carteira de Trabalho, RG, CPF e número do PIS em mãos.

Veja todas as vagas, aqui.

Campinas – SP

O Centro Público de Apoio ao Trabalhador (CPAT) de Campinas (SP) oferece 37 vagas de emprego nesta segunda-feira (14). A lista inclui cinco oportunidades direcionadas às pessoas com deficiência (PCD). Os salários chegam a R$ 3 mil, com a maior remuneração para as vagas de serralheiro e montador de móveis.

Os cargos exigem seis meses de experiência na função, exceto as vagas para analista de desenvolvimento de sistema, operador de caixa e vendedor interno. As oportunidades são para todos os gêneros.

Além disso, os cargos exigem formação em ensino fundamental, médio ou superior, dependendo do cargo.

Mais informações, confira aqui.

Também em Campinas, o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), stá com inscrições abertas para um processo seletivo que oferece 200 vagas de estágio.
As oportunidades são para estudantes do ensino superior e nível técnico e a bolsa-auxílio varia entre R$ 880 e R$ 1.110, dependendo da carga horária.

Os interessados devem realizar um cadastro na Central de Atendimento pelo telefone 3003-2433, e agendar um horário para participar. O processo seletivo ainda prevê uma redação e uma entrevista. Segundo a consultora do CIEE Viviane Mazon, é importante que os estudantes cadastrados mantenham os dados atualizados.

Mais informações, aqui.

Valinhos – SP

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Valinhos (SP) oferece 107 vagas de emprego nesta sexta-feira (14), com destaque para 30 vagas para Auxiliar de Produção. Todas as vagas anunciadas necessitam de experiência na área.

Para se candidatar, os interessados devem comparecer à unidade do PAT, localizada na Avenida dos Esportes, 303, no Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 16h. Para análise do perfil é necessário RG, CPF, Carteira de Trabalho, cartão do PIS e comprovante de endereço.

Saiba mais sobre as vagas, aqui.

Sumaré – SP

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Sumaré (SP) está com 42 vagas de emprego para moradores da região. A maior parte dos cargos exige experiência na função.

Os interessados devem comparecer pessoalmente ao Posto, localizado no prédio do “É Pra Já” da Prefeitura. É necessário levar a Carteira de Trabalho, CPF, RG, número do PIS e o comprovante de endereço. Os salários não foram divulgados.

As vagas estão sujeitas a alterações ao longo do dia. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone: (19) 3399-5638. As oportunidades são para todos os gêneros.

Mais informações, aqui.

Paraíba

Uma seleção para o preenchimento de cargos para técnicos, especialistas e pesquisadores foi aberta na sexta-feira (18) pela Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), do Instituto Nacional do Semiárido (INSA). Ao todo, são ofertadas 27 vagas e os selecionados vão contribuir com a execução de projetos de pesquisa no âmbito do Programa de Capacitação Institucional (PCI).

Os candidatos devem submeter a proposta por meio de preenchimento de formulário disponibilizado pelo Insa e enviá-la até o dia 31 de janeiro para o e-mail pci@insa.gov.br. O resultado da seleção será divulgado no dia 16 de fevereiro.

De acordo com o INSA, a contratação dos profissionais se dará por meio de bolsas PCI e as remunerações variam de R$ 900 a R$ 5.200, com admissão imediata. Há vagas para agrônomos, zootecnistas, agroecólogos, biólogos, médicos veterinários, engenheiros florestais, jornalistas, geógrafos, engenheiros da computação, engenheiros sanitário, químico e ambiental, dentre outros.

Leia o artigo completo, aqui.

Brasil de Sucesso – PIB – Inflação

Os economistas do mercado financeiro reduziram a expectativa de inflação para este ano, e também baixaram a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019.

As previsões constam no boletim de mercado, também conhecido como relatório “Focus”, divulgado nesta segunda-feira (21) pelo Banco Central (BC). O relatório é resultado de levantamento feito na semana passada com mais de 100 instituições financeiras.

Para 2019, os economistas das instituições financeiras diminuíram a expectativa de inflação de 4,02% para 4,01%. A meta central deste é de 4,25%, e o intervalo de tolerância do sistema de metas varia de 2,75% a 5,75%.

A meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Para alcançá-la, o Banco Central eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia (Selic).

Produto Interno Bruto

Para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, a previsão do mercado financeiro recuou de 2,57% para 2,53% na semana passada.

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

Para o ano que vem, entretanto, a expectativa do mercado financeiro para expansão da economia subiu de 2,50% para 2,60%.

Os economistas dos bancos também não alteraram a previsão de expansão da economia para 2021 e para 2022 – que continuou em 2,5%.

Outras estimativas

Taxa de juros – O mercado manteve em 7% ao ano a previsão para a taxa de juros, a Selic, no fim de 2019. Atualmente, o juro básico da economia está em 6,50% ao ano, na mínima histórica. Para o fim de 2020, a previsão continuou em 8% ao ano. Com isso, os analistas seguem prevendo alta dos juros no decorrer deste ano e, também, de 2020.

Dólar

A projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2019 recuou de R$ 3,80 para R$ 3,75 por dólar. Para o fechamento de 2020, caiu de R$ 3,80 para R$ 3,78 por dólar.

Balança comercial

Para o saldo da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), a projeção em 2019 caiu de US$ 52,24 bilhões para US$ 52 bilhões de resultado positivo. Para o ano que vem, a estimativa dos especialistas do mercado para o superávit subiu de US$ 46,5 bilhões para US$ 49 bilhões.

Investimento estrangeiro

A previsão do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil, em 2019, caiu de US$ 80 bilhões para US$ 79,5 bilhões. Para 2020, a estimativa dos analistas recuou de US$ 85 bilhões para US$ 82,44 bilhões.

Fonte: G1.

Brasil de Sucesso – Economia

A economia brasileira teve crescimento de 0,3% em novembro, na comparação com outubro, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (21). Já na comparação com o mesmo mês do ano passado, a alta foi de 1,5%.

No trimestre encerrado em novembro, o crescimento foi de 1,4% na comparação com os três meses anteriores – mesma variação registrada frente aos meses de setembro a novembro de 2017.

De acordo com o coordenador do estudo, Claudio Considera, há cinco meses a economia mantém média de crescimento mensal de 0,1%. “A despeito do término da recessão, a economia tem apresentado fraco desempenho, bem abaixo do seu potencial, tendo crescido 1,1%, em 2017 e com expectativa de crescer apenas 1,3% em 2018. Esta falta de fôlego da economia está certamente associada ao forte desequilíbrio fiscal e a necessidade de reformas macroeconômicas”, afirma em nota.

Em termos monetários, o PIB acumulado em 2018 até o mês de novembro, em valores correntes, alcançou a cifra estimada em aproximadamente de R$ 6.206.253.000.000.

De acordo com a FGV, a taxa de investimento permanece no mesmo patamar de janeiro de 2000, em 18,3% do PIB. “Vale registrar que, em outubro de 2013, a taxa de investimento havia sido de 24,2%, ápice de toda a série histórica, a preços constantes, iniciada em 2000”, aponta o estudo.

Fonte: G1.

Brasil de Sucesso – Exportação

As exportações do agronegócio do Brasil atingiram um recorde nominal de US$ 101,7 bilhões em 2018, alta de 5,9% ante 2017, informou nesta sexta-feira (18) o Ministério da Agricultura, destacando o apetite chinês por produtos nacionais.

O recorde anual anterior ocorreu em 2013, quando o país exportou US$ 99,9 bilhões. O Brasil é o maior exportador global de itens como açúcar, café, suco de laranja e soja.

De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do ministério, as exportações para a China aumentaram em US$ 9 bilhões no ano passado, à medida que o gigante asiático se voltou principalmente à soja brasileira, dada a guerra comercial entre Pequim e Washington.

No complexo soja, o grão foi o principal produto exportado, com volume recorde de 83,6 milhões de toneladas em 2018. Segundo o boletim da secretaria, “o incremento na quantidade exportada não ocorreria sem a forte demanda chinesa”.

Já o comércio de carne bovina in natura atingiu volume recorde na série histórica iniciada em 1997. No ano passado, foram exportadas 1,35 milhão de toneladas (12,2%), sendo 322,3 mil toneladas à China.

A celulose também registrou bom desempenho em 2018, ainda impulsionada pela procura da China, disse a secretaria do ministério.

Fonte: G1.


E-mail: clientes@insertseguros.com.br
Telefone: (11) 2023-8890 | WhatsApp: (11) 9 9483-5149
Rua Tijuco Preto, 393, Cobertura, Tatuapé, São Paulo/SP – CEP 03316000