Brasil de Sucesso – Agosto de 2019

Brasil de sucesso - Agosto de 2019

Brasil de Sucesso – Agosto de 2019

Nesta última semana de julho e início do mês de agosto de 2019, trouxemos para você algumas novidades de concursos públicos e notícias econômicas, para que possa iniciar bem, este novo mês e nova semana de trabalho. Confira:

Brasil de Sucesso – Saque FGTS

O governo divulgou nesta quinta-feira (25), por meio de medida provisória publicada no “Diário Oficial da União”, o calendário de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2020. Trata-se do saque-aniversário, modalidade que permitirá pagamentos anuais para quem tem dinheiro no fundo, seja de contas ativas ou inativas.

Em 2020, os saques para os aniversariantes do primeiro semestre terão o seguinte cronograma:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro – os saques serão efetuados no período de abril a junho de 2020;
  • Nascidos em março e abril – os saques serão efetuados no período de maio a julho de 2020;
  • Nascidos em maio e junho – os saques serão efetuados no período de junho a agosto de 2020.

Na medida provisória, não foi divulgado o calendário para quem nasceu no segundo semestre. No entanto, durante anúncio na quarta-feira, o Ministério da Economia informou que, após junho, os saques poderão ser feitos no mês de aniversário do trabalhador.

Leia a matéria completa aqui.


Brasil de Sucesso – Empregos

A economia brasileira gerou 408.500 empregos com carteira assinada no primeiro semestre deste ano, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (25) pelo Ministério da Economia.

O saldo é a diferença entre as contratações e a demissões. Nos seis primeiros meses deste ano, o país registrou 8.221.237 contratações e 7.812.737 demissões.

De acordo com o governo, trata-se do melhor resultado, para este período, desde 2014, ou seja, em cinco anos. No mesmo período do ano passado, por exemplo, foram abertas 392.461 vagas com carteira assinada.

Brasil de Sucesso - Empregos no Brasil
Imagem: G1

Confira a matéria completa, aqui.

Concursos públicos

A Aeronáutica divulgou edital do concurso para o Exame de Admissão ao Curso de Formação de Sargentos para o segundo semestre de 2020 (EA CFS 2/2020). No total, são oferecidas 252 vagas.

As oportunidades são para formação nas especialidades de:

  • comunicações (10)
  • foto inteligência (5)
  • guarda e segurança (30)
  • controle de tráfego aéreo (128)
  • outros (79)

Saiba mais sobre as vagas, aqui.

A Prefeitura de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, divulgou um concurso público com 10 vagas. De acordo com o edital, as inscrições iniciam na próxima segunda-feira (29). Os salários vão de R$ 3.375,53 a R$ 6.751,05.

Estão previstas 10 vagas diretas para analista instrumental (fiscal do meio ambiente), sendo uma vaga destinada para pessoas com deficiência, e formação de cadastro reserva para os outros cargos: economista, procurador jurídico, fiscal de obras, fiscal de postura, fiscal do Procon, fiscal sanitarista e fiscal tributário. A carga horária semanal é de 30h.

O salário inicial para o cargo de analista instrumental – economista é de R$ 3.375,53. Já para os cargos de fiscais é de R$ 5.063,29 e para procurador jurídico a remuneração inicial é de R$ 6.751,05.

Mais informações, aqui.

PAT – Capivari

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Capivari (SP) está com 39 vagas de emprego para 20 cargos diferentes nesta sexta-feira (26). O número de postos pode mudar ao longo do dia, de acordo com a prefeitura.

As oportunidades de trabalho são para diversas áreas, desde ajudante até técnico de enfermagem. A maior quantidade de vagas é para motorista de carro (15 vagas), mecânico de veículos a diesel (3) e vendedor porta em porta (3).

Mais informações, aqui.


Brasil de Sucesso – Construção Civil

Confiança da construção avança em julho, aponta FGV

O Índice de Confiança da Construção (ICST), da Fundação Getulio Vargas, subiu 2,6 pontos em julho, para 85,4 pontos, voltando ao nível observado em dezembro de 2018 (85,4 pontos).

É a segunda alta consecutiva no índice de confiança, influenciado tanto pela melhora da situação corrente quanto pelas expectativas do curto prazo. O componente Índice da Situação Atual (ISA-CST) avançou 1,5 ponto, para 75,1 pontos, retornando ao mesmo nível de janeiro de 2019 (75,1 pontos).

A contribuição do resultado positivo no índice que apura a situação atual veio do indicador que mede a percepção sobre a situação atual da carteira de contratos, que avançou 1,4 ponto, para 73,5 pontos, e do indicador da situação atual dos negócios, que subiu 1,6 ponto, para 76,9 pontos.

Matéria completa, aqui.

Ainda falando sobre o mercado imobiliário, a Abecip, associação das entidades de crédito imobiliário, revisou para cima suas estimativas para 2019. A projeção de expansão do financiamento total passou de 7% para 13%, com o crédito imobiliário chegando a R$ 132 bilhões.

A previsão de crescimento dos empréstimos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) passou de 20% para 31%. Para a parcela com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), destinado basicamente para o programa Minha Casa Minha Vida, a expectativa era de encolhimento de 5% e houve ligeira melhora, para uma projeção agora de redução de 4%.

O crédito imobiliário total avançou 1% no primeiro semestre de 2019, ante 2018, praticamente estável em R$ 60 bilhões. Isso porque o financiamento pelo SBPE subiu 33%, para R$ 33,7 bilhões, mas, na fatia com recursos do FGTS, houve recuo de 23%, para R$ 26,9 bilhões.

Saiba mais aqui.


Brasil de Sucesso – Empreendedorismo

Governo prepara ações de estímulo a empreendedorismo

A equipe econômica prepara medidas para estimular o empreendedorismo e quer duplicar a produtividade das pequenas empresas, hoje vista como baixa, em linha com declarações recentes do presidente Jair Bolsonaro sobre a criação de um programa voltado à “primeira empresa”.

A Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) se debruça sobre uma série de iniciativas para inserir no Portal do Empreendedor, canal oficial voltado à formalização do microempreendedor individual, uma espécie de beabá para os futuros donos de empresas.

O subsecretário de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, José Ricardo da Veiga, afirma que a ideia é criar um “marketplace de soluções para o empreendedor”. O site vai disponibilizar informações para ensinar o pequeno empresário a, por exemplo, precificar sua mercadoria, tomar crédito e realizar exportações.

Em outra frente, a Sepec também planeja para o último trimestre do ano um movimento de estímulo ao empreendedorismo jovem em conjunto com a Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje).

O plano, ainda em formatação, terá como norte falar para os jovens sobre cultura empreendedora durante uma semana, em ambiente de sala de aula.

A meta da secretaria, segundo Veiga, é que o portal reformatado esteja pronto até dezembro, mas que já ofereça novidades a partir de setembro. Com ele, o governo quer combater a falta de planejamento, apontada por 49% dos empresários que fecharam as portas como uma falha no processo de empreender, segundo estudo do Sebrae.

Veiga afirma que a preparação dessas empresas é vista como crucial, já que 98% das companhias no Brasil são de pequeno porte. No total, são cerca de 8 milhões de micro e pequenas empresas e mais 8,5 milhões de microempreendedores individuais.

Ele citou ainda a falta de produtividade como outro grande gargalo. De acordo com estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), a microempresa brasileira tem 10% da produtividade da grande companhia que opera no país. Na média da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), esse percentual é de 50%.

Matéria completa, aqui.


Brasil de Sucesso – Crédito bancário

Crédito bancário sobe 

O volume total (estoque) do crédito bancário avançou 1,2% no primeiro semestre deste ano e atingiu R$ 3,29 trilhões, informou nesta quarta-feira (26) o Banco Central.

De acordo com a instituição, o estoque das operações com pessoas físicas subiu 4,5% nos seis primeiros meses deste ano, para R$ 1,87 trilhão, enquanto o saldo de operações com empresas recuou 2,9% no período – para R$ 1,42 trilhão.

No acumulado de doze meses até junho, o crescimento do saldo total do volume de crédito bancário foi de 5,1%, informou o BC.

Com isso, o volume total de crédito somou 47,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no fim do mês passado, contra 47,7% do PIB em dezembro de 2018.

De acordo com o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, as operações de crédito para as famílias, como o consignado (com desconto na folha de pagamentos), se destacaram no primeiro semestre no caso das pessoas físicas.

Leia o artigo completo, aqui.


Artigo produzido por:

Larissa Yuriko – Gestora de Comunicação e Marketing na Insert Seguros


E-mail: clientes@insertseguros.com.br

Telefone: (11) 2023-8890 | WhatsApp: (11) 9 9483-5149

Rua Tijuco Preto, 393, Cobertura, Tatuapé, São Paulo/SP – CEP 03316000

 

One Response

  1. […] Estamos na segunda semana de Agosto, e hoje é dia de boas notícias nos setores de Economia, Empresas e Tecnologia do Brasil! Esse é o Brasil de Sucesso! […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *