Brasil de Sucesso – Última quinzena de Julho e primeira semana de Agosto-2018

LIGAMOS PARA VOCÊ!

Se preferir ligar, estamos a disposição: (11) 2023 8890 | (11) 9 9483-5149

Brasil de Sucesso – Última quinzena de Julho e primeira semana de Agosto-2018

Brasil de Sucesso - Dentro

Brasil de Sucesso – Empregos

Tivemos boas notícias no setor de empregos essas últimas semanas. Concursos em diversas cidades, para os mais diversos setores, concursos e seleções na Paraíba por exemplo, oferecem mais de 400 vagas de emprego nesta semana de 5 a 12 de agosto. Confira:

Seleção para professor substituto do IFPB
Vagas: 2 (campus Picuí)
Nível: superior
Salários: R$ 2.236,30 a R$ 3.121,76
Prazo de inscrição: até quarta-feira (8)
Local de inscrição: Site do IFPB
Taxa de inscrição: R$ 100
Provas: 20 a 24 de agosto
Edital da seleção para professor substituto do IFPB

Concurso da Prefeitura de Parari
Vagas: 28
Níveis: fundamental, médio, técnico e superior
Salários: R$ 954 a R$ 2.150
Prazo de inscrição: até 19 de agosto
Local de inscrição: site da organizadora, Ápice Consultoria
Taxas de inscrição: R$ 58 (nível fundamental) R$ 68 (técnico), R$ 78 (médio) e R$ 88 (superior)
Provas: 16 de setembro de 2018
Edital do concurso da Prefeitura de Parari

Concurso para professor da UFCG
Vagas: 1 (ciência da computação)
Nível: superior
Remuneração: R$ 9.585,67
Prazo de inscrição: 6 de agosto a 6 de setembro
Local de inscrição: Secretaria da UASC/CEEI, na UFCG em Campina Grande
Taxa de inscrição: R$ 100
Provas: de 15 a 19 de outubro
Edital do concurso para professor da UFCG

Secretaria de Estado da Fazenda de Goiás
Inscrições até 24/08/2018
Vagas: 28
Salário máximo: R$ 20.940,62
Escolaridade: superior

Prefeitura de Tapurah (MT)
Inscrições até 09/08/2018
Vagas: 93
Salário máximo: R$ 15.606,85
Escolaridade: fundamental, médio e superior

Prefeitura de Brusque (SC)
Inscrições até 10/08/2018
Vagas: 9
Salário máximo: R$ 7.623,62
Escolaridade: fundamental, médio e superior

Você pode conferir as informações para os concursos na Paraíba aqui.  Para os demais concursos, você poderá obter mais informações aqui.

Em Limeira, são 32 vagas, também para as mais variadas áreas. Os salários variam entre R$ 1.540,86 e R$ 5.619,24 e o período para cadastramento encerra em 10 de setembro. você pode conferir as vagas aqui.

PAT Indaiatuba divulga 21 vagas de emprego, de chefe de cozinha a jardineiro.
Os salários chegam a R$ 1,8 mil. Interessados devem comparecer pessoalmente à unidade com RG, CPF, Carteira de Trabalho e número do PIS. Clique aqui para conferir.

A P&G abriu processo seletivo “relâmpago” para estagiários na unidade de Louveira (SP). São 25 vagas em três áreas. As inscrições devem ser feitas no site da P&G até dia 31 de agosto.

O processo é chamado de “relâmpago” porque em uma semana o candidato realiza todas as etapas presenciais, que estão programadas para acontecer entre o dia 10 e 14 de setembro. Veja mais informações aqui.

Polícia Militar de SP abre 2,7 mil vagas para soldado. Os candidatos devem ter nível médio, idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos; salário é de R$ 3.143,70.

Confira os dados para o concurso, aqui.

Brasil de Sucesso – Mercado Financeiro

Os analistas das instituições financeiras mantiveram estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano estável em 1,5%.

A previsão está no mais recente boletim de mercado, também conhecido como relatório “Focus”, divulgado nesta segunda-feira (6) pelo Banco Central. O relatório é resultado de levantamento feito na semana passada com mais de 100 instituições financeiras.

O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Em 2016, o PIB teve uma retração de 3,5%. Em 2017, cresceu 1% e encerrou a recessão no país.

Além de manter a estimativa de alta do PIB de 2018 em 1,5%, os economistas dos bancos também não alteraram a previsão de expansão da economia para 2019, 2020 e para 2021, que continuou em 2,5% nestes anos.

Fonte: G1.

Brasil de Sucesso – Exportações

As exportações brasileiras de carne suína e de frango subiram em julho, depois do desempenho fraco do mês anterior em meio à greve dos caminhoneiros. Segundo a associação que representa o setor, as exportações de carne suína subiram 17% na comparação com 2017, enquanto as de frango avançaram 20%, atingindo o maior fluxo mensal já registrado.

“O número de exportações em patamar recorde é consequência direta do reestabelecimento dos níveis dos embarques nos portos após o fim dos bloqueios nas estradas”, disse em nota Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Em julho, foram exportadas 463 mil toneladas de carne de frango, incluindo produtos processados e in natura vendidas para outros países. O volume gerou uma receita de US$ 711,6 milhões – valor 15% maior que o mesmo mês do ano anterior.

Fonte: G1.

Este ano já pode ser considerado um dos mais positivos em relação à exportação de produtos de Uberlândia. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) o primeiro semestre de 2018 teve um faturamento de 37% a mais do que todo o ano de 2017. A soja lidera a lista de produtos mais exportados.

De acordo com o Mdic foram aproximadamente US$ 378,06 milhões em negócios fechados com países parceiros nos primeiros seis meses de 2018, enquanto esse montante foi de US$ 275,81 milhões considerando de janeiro a dezembro do ano passado. Saiba mais aqui.

Brasil de Sucesso – Agronomia

A safra de algodão aumentou 28,5% em relação à última colheita, afirma a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Serão colhidos quase 2 milhões de toneladas de algodão em pluma (1.964.700 ton, no total), um recorde para a safra brasileira.

Entre os principais motivos para o crescimento da produção estão o aumento da demanda mundial e a preferência do consumidor pela fibra natural em detrimento da sintética. O Globo Rural desta semana foi até o município mato-grossense de Nova Mutum, onde os trabalhos estão acelerados para que a colheita termine antes das chuvas.

Brasil de Sucesso - Algodão

Saiba mais aqui.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um novo programa de créditos para a liquidação integral de dívidas de produtores rurais ou cooperativas de produção, o BNDES Pro-Cdd Agro.

Segundo o banco, o objetivo é equacionar o endividamento no setor agropecuário do País. O novo programa, solicitado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, possui limite orçamentário de R$ 5 bilhões para os financiamentos contratados até 28 de junho de 2019.

Poderão ser incluídas as operações de crédito rural de custeio ou investimento fechadas até 28 de dezembro de 2017, dívidas contraídas com fornecedores de insumos agropecuários ou instituições financeiras, inclusive pela emissão de Cédula de Produto Rural (CPR) e Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio (CDCA).

De acordo com o BNDES, será possível financiar até 100% do saldo devedor, limitado a R$ 20 milhões, com um prazo de até 12 anos, incluindo uma carência de até 3 anos. Os recursos podem ser contratados com base na Taxa de Longo Prazo (TLP).

Para mais informações, veja aqui.

Brasil de Sucesso – Imóveis

O preço médio dos imóveis residenciais caiu pelo sétimo mês seguido em julho, segundo dados do índice FipeZap divulgados nesta sexta-feira (3). O indicador monitora o comportamento dos preços em 20 cidades brasileiras. Na passagem de junho para julho, a variação média ficou em -0,7%. Em 12 meses, os preços acumulam queda de 0,38%.

As maiores quedas de preço na comparação com junho foram registradas em Niterói (RJ), de 0,54%, Rio de Janeiro (-0,46%), Curitiba (-0,44%) e Florianópolis (-0,43%). Apenas cinco dos locais monitorados mostraram alta de preço: São Paulo (0,26%), Distrito Federal (0,4%), Vitória (0,26%), Goiânia (0,4%) e Contagem/MG (0,38%).

Em 12 meses, 11 cidades ainda acumulam alta de preços. As mais expressivas são em Florianópolis (3,11%), São Caetano do Sul (2,99%), Vitória (2,28%) e São Paulo (2,18%). Já a queda mais acentuada foi registrada no Rio de Janeiro, de -4,57%, seguida por Niterói, de -3,06%.

Brasil de Sucesso - Variação preço dos imoveis

Veja a matéria completa aqui.

Outra boa notícia para quem está atrás de comprar seu imóvel, o governo anunciou um pacote de mudanças nas regras de financiamento imobiliário que poderão facilitar a compra da casa própria e estimular o crédito habitacional no país. Entre as medidas, está a elevação para até R$ 1,5 milhão do limite do valor dos imóveis que poderão ser adquiridos por trabalhadores com uso do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Hoje, o limite do valor do imóvel que pode ser financiado pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH) – que permite usar os recursos do FGTS – é de R$ 950 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. Nos demais estados, R$ 800 mil. A partir de 2019, será de R$ 1,5 milhão em qualquer lugar do país.

As mudanças entrarão em vigor em 1º de janeiro de 2019, mas merecem ser observadas desde já por quem está planejando comprar um imóvel. A notícia é positiva, principalmente, para os consumidores interessados em imóveis mais caros, acima de R$ 1 milhão.

O conjunto de mudanças aprovadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) também prevê maior incentivo para os bancos concederem financiamentos de imóveis de até R$ 500 mil.

Saiba tudo aqui.

Brasil de Sucesso – Diesel

Os preços médios da gasolina e do diesel voltaram a cair nesta semana, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (3) pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP). Desde a véspera da greve doas caminhoneiros, o valor médio do diesel calculado pela agência caiu cerca de R$ 0,22.

Para a gasolina, a queda foi e 0,35% no preço médio, passando de R$ 4,489 por litro para R$ 4,473. O valor representa uma média calculada pela ANP com os dados coletados nos postos, e, portanto, os preços podem variar de acordo com a região.

Na mesma semana, a Petrobras baixou o preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,02, ou cerca de 1%, seguindo sua política de preços que reajusta os valores quase diariamente com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

Fonte: G1.

Brasil de Sucesso – Produção Industrial

Os dados da produção industrial de maio, divulgados nesta quinta-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), confirmam o que levantamentos semanais do Ministério da Fazenda já apontavam: os impactos da paralisação do sistema de transporte rodoviário por 11 dias em maio estão sendo superados mais rápido do que se imaginava.

Aquilo que mais se temia entre economistas do governo e do setor privado não aconteceu: uma deterioração generalizada das condições econômicas neste segundo semestre, o que alimentaria um debate econômico mais acalorado durante a campanha eleitoral e um desafio ainda maior para o candidato que vier a ser eleito.

A greve de maio interrompeu série de 12 meses consecutivos de aumento da produção industrial na comparação com os meses do ano anterior. Em maio, a queda foi de 6,6%. Mas, em junho, o aumento foi de 3,5% na comparação com junho do ano passsado. Em 12 meses, o aumento acumulado é de 3,2%.

O pico da produção industrial, de acordo com o IBGE, foi em maio de 2011, quando atingiu 105 pontos. Mesmo com a recuperação observada desde o ano passado, ainda se encontra em 90,6 pontos.

Você pode conferir a matéria completa aqui.

Fonte das notícias: G1.

A Insert Seguros acredita em um Brasil de Sucesso!

E-mail: clientes@insertseguros.com.br
Telefone: (11) 2023-8890 | WhatsApp: (11) 9 9483-5149
Rua Padre Benedito de Camargo, 356, Penha, São Paulo/SP – CEP 03604010

101 / 104