LIGAMOS PARA VOCÊ!

Se preferir ligar, estamos a disposição: 11 2023 8890

Seguro de carga para transportadoras

Recentemente, uma reportagem jornalística informou que o roubo de cargas no país aumentou cerca de 15% no último ano. A Associação das Transportadoras realizou um levantamento em que averiguou que boa parte das fraudes acontece dentro das cidades, especialmente, na região sudeste, com mais de 17 mil casos, o que equivale a 85%. Por isso, os problemas para as transportadoras podem ultrapassar a marca de um bilhão de reais a cada ano. Sendo assim, a contratação de seguros de carga para transportadoras é essencial.

Mais do que nunca contar com a segurança imposta pelo seguro de carga para transportadoras é uma questão de permanência dentro o ramo e evitar golpes, prejuízos e roubos no cumprimento de seus compromissos. Mas, será que todo mundo que atua neste ramo sabe do que se trata um seguro? Quais os modelos que são usados no mercado nos dias de hoje? Então, tire as suas dúvidas a seguir!

Diferenciais de um seguro de carga para transportadoras

Hoje em dia, os seguros de transportes contam com duas modalidades: a dos transportes que são feitos pela empresa que faz venda ou mesmo pelo comprador da carga e também o seguro de carga para transportadoras, que conta com responsabilidade civil.

Além disso, a categoria dos transportes pode ser separada em transportes nacionais e para exportação e/ou importação. Enquanto que para o seguro de carga para transportadoras, ou seja, de responsabilidade civil possui diversos modelos que asseguram ao responsável pelo deslocamento as indenizações. Nestas duas modalidades, o seguro conta com cobertura para danos provocados aos respectivos bens durante as viagens por terra, ar, mar ou ainda os caminhos que usam mais de um meio de transporte.

Desta maneira, o seguro de carga para transportadoras pode contar com a cobertura para diversos casos inesperados durante o transporte da mercadoria, como, por exemplo: os roubos, os furtos e possíveis acidentes nas estradas de todo o Brasil. Por isso, se trata de uma garantia.